Consultório

Rua Soriano de Souza, 115 sala 806 - Consultório 2.

Próximo ao Metrô da Praça Sans Pena (Saída General Roca).

Telefones

(21) 98866-0871

Não trabalho com convênios

  • w-facebook

DESENVOLVIDO POR KOGUMELO

Como Mudar de Carreira aos 30, 40, 50 ou mais

January 28, 2017

 

Mudar de Carreira aos 40, 50 anos? Há pessoas perguntando por isso aos 30 anos e em todas as idades. Estamos enfrentando um cenário de crise, o mercado está cada vez mais fechado e com isso cada vez mais ao profissional são exigidas novas habilidades.

 

Neste momento precisamos entender alguns fatores importantes que estão acontecendo em vários níveis, não apenas externos, mas também internos. No nosso cérebro por exemplo, vários neurotransmissores são disparados e entramos no modo sobrevivência. Estamos reagindo com nosso cérebro límbico, parte do sistema nervoso que é acionado quando precisamos ter respostas rápidas às ameaças e ao estresse.

 

Além disso, muitas pessoas fazem escolhas profissionais movidas por demandas externas e familiares, no início da vida adulta, quando ainda não têm claros seus reais interesses. Quando se dão conta de que não é o que de fato gostam de fazer já estão em alguma empresa há algum tempo, ou em alguma atividade profissional e em geral sentem-se presas às questões financeiras e econômicas, formação da própria família, preocupação com a idade, entre outras questões. 

 

Fusão da empresa, ter que assumir um cargo para o qual não estão preparadas, desemprego, ou mesmo a sensação de que tudo isso não faz sentido e o ciclo se fechou e precisam sair para uma nova empreitada. Em momentos como esses, não conseguimos acessar nosso córtex pré-frontal, parte do nosso cérebro que coordena as funções de lógica, comunicação, raciocínio. A conclusão é que não conseguimos pensar com calma em um plano de ação que permita uma reflexão sobre nossos talentos, habilidades, possibilidades para vencer a crise e dar a volta por cima, em uma atividade profissional que até faça muito mais sentido. Responder à pergunta: O que eu realmente gosto e quero fazer parece impossível de responder. 

 

Um processo de Coaching é rico em reflexões e respostas para estas e outras perguntas. O autoconhecimento provocado é de extrema importância neste momento, e o profissional que tiver a oportunidade de passar por esta jornada, em 12 sessões, sairá muito mais preparado para enfrentar as situações adversas. Conhecer os pontos fortes, os pontos a serem melhorados, talentos escondidos, identificando um propósito de vida, dispara vários neurotransmissores importantes para o nosso cérebro. Um deles é a dopamina, responsável por circuitos de prazer e motivação. 

 

Um realinhamento é necessário todas as vezes que somos convidados a sair da zona de conforto. Aproveitar este momento de perguntas sem respostas pode ser uma ótima oportunidade para ir um pouco mais a fundo para encontrá-las. E quando não encontradas de uma forma espontânea, a participação de uma Coach de Carreira pode ser essencial. 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Artigos em Destaque

Você já mediu a saúde de seu relacionamento?

October 2, 2019

1/5
Please reload

Artigos Recentes
Please reload

Tags
Please reload

Siga-me!
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic